Equipe de Brasília garantiu lugar no grid da categoria que faltava para o automobilismo brasileiro; campeonato envolvendo montadoras começa no dia 29 de maio, em Curitiba

SÃO PAULO – A Copa Petrobras de Marcas vai ganhar um forte reforço entre as equipes da primeira temporada. Com sede em Brasília e bastante tradição no automobilismo nacional, a Amir Nasr Racing garantiu presença. Ainda sem pilotos definidos, o time irá defender as cores da Ford com o modelo Focus. “Fiquei interessado em participar desde o ano passado. Agora já chegamos a um acordo com a Vicar (promotora da categoria) e estamos nos preparando para fornecer um bom equipamento para os pilotos que chegarem”, definiu o próprio Amir Nasr, o dono da escuderia que existe há 31 anos.

Um campeonato de marcas, com o envolvimento das montadoras, no caso da Ford, Chevrolet e Honda, era um desejo antigo dos chefes de equipe. A última vez que o Brasil contou com isso foi ainda na década de 1990. “Um campeonato de marcas é a principal competição em qualquer país do mundo onde o automobilismo é forte. Seja na Inglaterra, na Austrália, na Argentina…”, analisa Amir, que já foi piloto, se formou em matemática e depois começou a dirigir seu próprio time. “Não sei como a gente aqui ficou tanto tempo sem ter uma disputa envolvendo as montadoras. Foi muito bom saber que isso saiu do papel.”

Amir Nasr não vê problemas em admitir que tem pouca experiência com os carros de tração dianteira, como os da Copa Petrobras de Marcas. Para ele, é a competência que conta no início de um trabalho – assim como já fez na Fórmula 3 Sul-Americana e também na Stock Car. “No ano que entramos na Stock Car, em 2005, já fizemos pole, lideramos corrida… Era um desafio também, e agora com o Marcas não será diferente. Vamos encarar o trabalho e tenho certeza que partiremos no mesmo caminho, sempre buscando melhorar e brigar pelas vitórias”, garante Amir.

Com a experiência de quem já formou e trabalhou com muitos pilotos de prestígio (Hélio Castro Neves, Bruno Junqueira, Tarso Marques, Vitor Meira, Cristiano da Matta, entre outros), a equipe Amir Nasr tem certeza que poderá colocar em prática o conhecimento no automobilismo. Para Amir Nasr, o sucesso vem mais fácil quando se trabalha em função do piloto. Quanto maior a participação e interação, maior o retorno e o aprendizado, e assim o caminho para as vitórias poderá ser facilitado.

“Nossa filosofia é sempre direcionar nossas atividades em função de quem está conosco. O piloto que chegar irá perceber que somos diferentes, nem melhor ou pior que ninguém. Mas nosso time é sério e descontraído ao mesmo tempo. Sempre preguei que a equipe tem de girar em torno do piloto, não importa quem seja”, garante. “A gente é obrigado a suprir suas necessidades e deficiências. E nada melhor que fazer isso em um novo campeonato, cheio de desafios e possibilidades de evoluir. É assim que eu sei trabalhar”, finaliza Amir Nasr, de 48 anos.

A Copa Petrobras de Marcas chega para suprir uma lacuna no automobilismo brasileiro que vem desde 1994, ano do último campeonato forte envolvendo as montadoras na competição. Em 2011, além da Ford, a Honda vai colocar nas pistas seu modelo Civic, enquanto a Chevrolet usará o Astra.

Os carros serão preparados a partir dos modelos de fábrica, dentro das normas da FIA. Os pneus serão Pirelli, com rodas OZ, freios da AP, caixa de transmissão Xtrac, enquanto os motores serão Berta S/A (cerca de 280 HP), alimentados com gasolina Petrobras Pódium e lubrificante Lubrax.

Serão oito etapas, todas disputadas em rodada dupla com cada bateria limitada em 25 minutos. A primeira está programada para o dia 29 de maio no Autódromo Internacional de Curitiba.

Calendário 2011 da Copa Petrobras de Marcas:
29 de maio – Curitiba (PR)
12 de junho – Tarumã (RS)
17 de julho – São Paulo/alternativo
31 de julho – Rio de Janeiro (RJ)
21 de agosto – Velopark, Nova Santa Rita (RS)
25 de setembro – Rio de Janeiro (RJ)
30 de outubro – Brasília (DF)
20 de novembro – Curitiba (PR)