Brasileiro liderou os treinos de sexta-feira, conquistou uma pole e um pódio entre os estreantes. Piloto também ressaltou a importância da transmissão das corridas ao vivo para o Brasil pelo canal BandSports

O gaúcho Cesar Ramos, da equipe Fortec Motorsport, foi um dos destaques da abertura da temporada 2011 da World Series by Renault, realizada no último final de semana (dias 16 e 17) em Alcaniz, Espanha. O brasileiro foi o mais veloz nos treinos livres de sexta-feira e conquistou uma das poles, terminando a segunda prova na quarta colocação e subindo ao pódio entre os estreantes.

Atual campeão da F-3 Italiana, Ramos também teve motivos extra pista para comemorar: a confirmação da transmissão ao vivo das etapas para o Brasil pelo BandSports (canal a cabo do Grupo Bandeirantes).

“Foi um final de semana de muitas emoções. Na sexta, fui o mais rápido. No sábado, tive problemas com os pneus, não me classifiquei bem e a corrida também foi complicada, já que largando lá atrás acabei me envolvendo em alguns incidentes. Mesmo assim, era um dos mais rápidos na pista, marcando a segunda melhor volta da corrida. Felizmente, no domingo, veio a pole e foi incrível. Na largada, o carro acabou patinando, perdi duas posições e, após o pit, terminei em quarto. Mas o balanço foi positivo e agora estou concentrado e otimista para a próxima rodada, dentro de duas semanas, em Spa”, comentou Ramos, que ocupa a sétima posição no campeonato, com 12 pontos.

“Também fiquei muito contente com a transmissão das corridas pelo BandSports. Espero que possa nos ajudar a conseguir um patrocinador brasileiro, o que será muito importante para a continuidade da minha carreira”, completou o gaúcho de 21 anos, que já conta com dois apoiadores italianos.

O campeão mundial de kart, Gastão Fráguas Filho, manager do piloto e diretor da GP Management, também vê a transmissão como uma oportunidade ainda maior de visibilidade e retorno para os patrocinadores. “Sem dúvida, ter a transmissão para o Brasil é uma ótima notícia. O acordo do Bandsports também mostra a força e seriedade do campeonato World Series, que já revelou talentos para a F-1, como Sebastian Vettel, Robert Kubica e Jaime Alguersuari”, ressaltou o empresário.