Brasileiro conquistou um segundo e um sexto lugares na rodada dupla de abertura da temporada, em Valellunga, e com estes resultados já é o terceiro colocado no campeonato

Campeão da Fórmula Future Fiat em 2010 e, desde então, membro do Ferrari Driver Academy, o brasileiro Nicolas Costa estreou de forma positiva no Campeonato Italiano de Fórmula Abarth, no último fim de semana, na Itália.

A segunda temporada da história da categoria, escolhida por Felipe Massa como o destino do primeiro campeão da categoria de base que apóia no país, começou com uma rodada dupla no circuito de Vallelunga, na região metropolitana de Roma, e terminou com o primeiro pódio de Nicolas Costa na Europa.

Piloto da equipe Cram, o carioca largou na sexta posição na primeira corrida do fim de semana, e terminou na mesma posição depois de uma prova bastante movimentada. Na bateria seguinte, largando em terceiro, Nicolas recebeu a bandeirada em segundo e tornou-se um dos líderes do campeonato.

“Não consegui uma volta limpa na tomada de tempos, mas no warm up fiquei em terceiro e isso reascendeu minha esperança na conquista de um pódio. Só que nas duas corridas tive algum problema de motor que me impediu de disputar a vitória. Minha maior dificuldade foi segurar o pessoal que vinha atrás, porque eu não tinha uma boa velocidade nas retas e no primeiro setor da pista, que é de alta velocidade”, relembrou o brasileiro.

Na primeira corrida do fim de semana, Nicolas caiu para o oitavo posto na largada, mas na primeira curva ganhou três posições e andou durante boa parte da prova em quinto. No final, acabou superado por Roman De Beer e recebeu a bandeirada em sexto. Com as oito primeiras posições de largada invertidas na corrida seguinte, ele partiu na segunda fila e, logo após a luz verde, assumiu o segundo lugar.

“O pole position (Robert Visoiu) ficou parado na largada e quase acertei o carro dele. Consegui desviar por muito pouco e me mantive em segundo a corrida toda. Suportei uma pressão muito grande, porque sem velocidade nas retas estava muito difícil de segurar o pessoal que vinha atrás”, declarou o brasileiro.

Nicolas Costa passou a somar 19 pontos na tabela, contra 30 de Patric Niederhauser e 28 de Michael Heche, respectivamente, líder e vice-líder do campeonato. Veja o resultado completo das duas corridas deste fim de semana em Vallelunga:

Corrida 2
1 – Michael Heche – BVM-Target – 19 voltas em 29’51″938
2 – Nicolas Costa – Cram Competition – 2″701
3 – Sirgey Sirotkin – Jenzer Motorsport – 6″007
4 – Patric Niederhauser – Jenzer Motorsport – 6″498
5 – Roman De Beer – Victoria World – 6″963
6 – Yoshitaka Kuroda – Euronova – 8″108
7 – Luca Ghiotto – Prema – 11″146
8 – Robert Visoiu – Jenzer Motorsport – 13″329
9 – Riccardo Agostini – Villorba Corse – 14″680
10 – Mario Marasca – BVM-Target – 16″437
11 – Vicky Piria – Prema – 18″717
12 – Emaniele Zonzini – Composit Motorsport – 23″437
13 – Luca Defendi – Uboldi Corse – 24″869
14 – Antonio Spavone – JD Motorsport – 25″567
15 – Alessandra Brena – Euronova – 1’24″246
16 – Andrea Barbirato – Tomcat Racing – 2 voltas
17 – Gerrard Barrabeig – BVM-Target – 7 voltas
18 – Lorenzo Camplese – BVM-Target – 7 voltas
19 – Giorgio Roda – Cram Competition – 10 voltas
20 – Lorenzo Foglia – Diegi Motorsport – 19 voltas

Corrida 1
1 – Patric Niederhauser – Jenzer Motorsport – 19 voltas em 29’47″877
2 – Yoshitaka Kuroda – Euronova – 5″707
3 – Michael Heche – BVM-Target – 6″377
4 – Riccardo Agostini – Villorba Corse – 15″367
5 – Roman De Beer – Victoria World – 15″872
6 – Nicolas Costa – Cram Competition – 16″650
7 – Luca Ghiotto – Prema – 17″790
8 – Robert Visoiu – Jenzer Motorsport – 18″743
9 – Gerrard Barrabeig – BVM-Target – 19″226
10 – Mario Marasca – BVM-Target – 21″872
11 – Vicky Piria – Prema – 27″653
12 – Antonio Spavone – JD Motorsport – 28″751
13 – Emanuele Zonzini – Composit Motorsport – 29″320
14 – Sirgey Sirotkin – Jenzer Motorsport – 31″537
15 – Dario Orsini – Emmebi – 47″244
16 – Alessandra Brena – Euronova – 47″398
17 – Luca Defendi – Uboldi Corse – 48″078
18 – Giorgio Roda – Cram Competition – 1’08″972
19 – Lorenzo Foglia – Diegi Motorsport – 1’21″964
20 – Andrea Barbirato – Tomcat Racing – 1 volta
21 – Lorenzo Camplese – BVM-Target – 4 voltas