Sexta etapa da temporada teve desafio dobrado para os pilotos na Flórida

O paulista Marcelo Henriques disputou no último final de semana nos Estados Unidos a sexta etapa da temporada da Legend Cars – categoria que inspirou a criação da Stock Júnior no Brasil. Com o torneio baseado na costa leste do país, a prova mais uma vez foi no circuito de Auburndale, na Flórida, mas com um desafio diferente para os pilotos.

Ao invés das 25 voltas tradicionais das corridas da categoria, a etapa do último final de semana teve o dobro de duração – 50 voltas – e colocou o preparo físico dos competidores à prova.

A tomada de tempos também teve novidades. Cada um dos 23 pilotos entrou na pista para duas tentativas de marcar o melhor tempo. Depois disso, as oito primeiras posições foram sorteadas entre os oito mais rápidos. Dessa maneira, Marcelo Henriques – que tinha o sétimo melhor tempo -, conquistou um lugar na primeira fila para largar em segundo.

Na largada, um toque com o norte-americano Seth Adams fez com que o brasileiro rodasse e caísse para a última posição. “Não conseguia achar espaço para entrar na fila da linha interna e comecei a perder muitas posições, mas acabei rodando. Felizmente não bati e pude voltar para a prova”, comentou Marcelo Henriques.

Começou, então, uma corrida de recuperação para o brasileiro. Aproveitando-se da longa duração da prova, Henriques conseguiu fazer mais de 15 ultrapassagens e recebeu a bandeirada final na sexta posição. O vencedor – o quarto diferente na temporada – foi Austin Blankership.

“Foi uma corrida muito divertida e também de muito aprendizado. Desde o erro na largada até a negociação das ultrapassagens no pelotão intermediário, vivi situações que, aos poucos, vão me preparando para o automobilismo norte-americano”, avaliou Marcelo. Na quinta etapa da temporada ele conquistou seu primeiro pódio no automobilismo dos EUA.

A próxima rodada do campeonato está marcada para o próximo sábado, dia 23, também em Auburndale.