Categoria completou três dias de treinos coletivos no circuito de Barcelona e agora se prepara para a estreia da temporada 2011 nos dias 07 e 08 de maio, na Turquia

Encerrada nesta quinta-feira (14) a pré-temporada do campeonato 2011 da GP3 Series. Pilotos e equipes completaram no circuito de Barcelona, na Espanha, o terceiro e último dia de testes dessa fase de ensaios, e agora iniciam a preparação para voltar à pista somente na abertura do campeonato – nos dias 07 e 08 de maio em Istambul, na Turquia.

Para o brasileiro Pedro Nunes (OGX/Grupo CGE), a pré-temporada se encerrou com uma simulação de corrida na Espanha – depois de ter liderado parte do treino de quarta-feira. O mais rápido nesse último dia de testes foi o holandês Nigel Melker, da RSC Mücke Motorsport, com o tempo de 1m37s882 estabelecido ainda no período da manhã.

Conseguimos encerrar a pré-temporada com uma grande evolução no carro“, destacou o brasileiro Pedro Nunes. “Foram três dias de muito trabalho em Barcelona, onde pudemos testar diferentes configurações do carro, e fechamos com uma simulação de corrida na parte da tarde desta quinta-feira”, contou o piloto da equipe Lotus-ART.

Sem foco no tempo de uma única volta neste dia de encerramento da pré-temporada, Pedro Nunes foi um dos primeiros a sair com pneus novos na parte da tarde. Após ter treinado durante todo o período em ritmo de prova, fechou a sessão a menos de um segundo do melhor tempo da tarde – de Adrian Quaife-Habbor, da equipe Marussia Manor.

Na parte da manhã tive um problema no carro quando saí com os pneus novos, então não consegui fazer uma volta rápida. À tarde, o foco era avaliar o ritmo de corrida do carro, então não nos preocupamos com o tempo. Dessa forma acho que encerramos a pré-temporada com muitos dados sobre o carro, que certamente vão nos ajudar durante o campeonato”, completou o brasileiro.

Confira como terminou cada sessão desta quinta-feira da GP3 Series em Barcelona:

Treino da tarde
1- Adrian Quaife-Hobbs, 1m38s625
2- Nico Muller, 1m38s780
3- Rio Haryanto, 1m38s891
4- Valtteri Bottas, 1m38s916
5- Michael Christensen, 1m39s020
6- Mitch Evans, 1m39s060
7- Nigel Melker, 1m39s119
8- Felix da Costa, 1m39s146
9- Andrea Caldarelli, 1m39s241
10- Marlon Stockinger, 1m39s253
11- Simon Trummer, 1m39s318
12- Pedro Nunes, 1m39s444
13- Conor Daly, 1m39s445
14- Matias Laine, 1m39s480
15- Vittorio Ghirelli, 1m39s510
16- Ivan Lukashevich, 1m39s532
17- Aaro Vainio, 1m39s668
18- Maxim Zimin, 1m39s680
19- Tom Dillmann, 1m39s712
20- Daniel Morad, 1m39s771
21- Leonardo Cordeiro, 1m39s817
22- Lewis Williamson, 1m39s838
23- Tamas Pal Kiss, 1m39s868
24- Nick Yelloly, 1m40s226
25- Thomas Hylkema, 1m40s281
26- Willi Steindl, 1m40s294
27- Gabby Chaves, 1m41s110
28- Zoel Amberg, 1m42s390

Treino da manhã
1- Nigel Melker, 1m37s882
2- Alexander Sims, 1m38s190
3- Nico Muller, 1m38s251
4- Mitch Evans, 1m38s297
5- Adrian Quaife-Hobbs, 1m38s299
6- Marion Stockinger, 1m38s312
7- Felix da Costa, 1m38s321
8- Andrea Caldarelli, 1m38s381
9- Aaro Vainio, 1m38s394
10- James Calado, 1m38s422
11- Rio Haryanto, 1m38s464
12- Valtteri Bottas, 1m38s483
13- Michael Christensen, 1m38s496
14- Gabby Chaves, 1m38s549
15- Matias Laine, 1m38s583
16- Lewis Williamson, 1m38s593
17- Simon Trummer, 1m38s734
18- Tom Dillmann, 1m38s834
19- Tamas Pal Kiss, 1m38s847
20- Ivan Lukashevich, 1m39s941
21- Pedro Nunes, 1m39s021
22- Nick Yelloly, 1m39s036
23- Maxim Zimin, 1m30s093
24- Daniel Morad, 1m39s112
25- Will Steindl, 1m39s147
26- Vittorio Ghirelli, 1m39s175
27- Leonardo Cordeiro, 1m39s274
28- Conor Daly, 1m39s425
29- Zoel Amberg, 1m39s573
30- Thomas Hylkema, 1m40s107