Público ao lado do Mercedes-Benz C250 CGI

Modelos preparados para corridas foram apresentados oficialmente no último fim de semana durante o Itaipava GT Brasil

Não havia quem passasse pelos boxes número 10 e 11 do autódromo de Interlagos sem desviar o olhar para os automóveis Mercedes-Benz C250 CGI preparados para a competição Mercedes-Benz Grand Challenge, categoria que estreia no automobilismo brasileiro neste ano, com apoio oficial da Mercedes-Benz do Brasil. Os modelos tiveram a primeira aparição pública durante a apresentação oficial do campeonato, neste fim de semana de semana, em São Paulo.

A SRO Latin America e a Auto+ Entretenimento, as empresas promotoras da competição, levaram os automóveis ao autódromo para que os pilotos, o público e a imprensa pudessem ter contato com os modelos que formarão o grid de largada do Mercedes-Benz Grand Challenge. . No total, serão oito etapas, sendo que cada rodada tem duas corridas de trinta minutos e a primeira está marcada para os dias 21 e 22 de maio, em Curitiba

O Mercedes-Benz Grand Challenge passa a integrar a programação de um evento já bastante consolidado, o Itaipava GT Brasil, que movimenta autódromos de todo o País com as categorias Itaipava GT3, GT4 e TNT SuperBike. “Para nós, é um orgulho muito grande promover uma categoria com apoio da Mercedes-Benz, que tem tradição na Fórmula 1, com pilotos como Juan Manuel Fangio e Stirling Moss. A partir de agora, inscrevemos o automobilismo brasileiro como parte desta história de sucesso“, afirma Francisco Barros, diretor da SRO Latin America.

A apresentação em Interlagos contou com a presença dos pilotos da categoria, entre eles Marcello Sant’Anna, que vai se dividir entre o Mercedes-Benz Grand Challenge e a Itaipava GT4. “A minha primeira impressão do carro foi muito boa e tenho certeza que por se tratar de uma categoria com modelos iguais a competição será acirrada“, comenta Marcello Sant’Anna.

É exatamente esta a proposta do Mercedes-Benz Grand Challenge. Boas disputas, com automóveis iguais e pilotos de nível semelhante, objetivo atingido com a criação de critérios específicos de entrada na categoria – o campeonato não permite a participação de pilotos de graduação mais alta. As vinte e duas vagas do Mercedes-Benz Grand Challenge já estão preenchidas. O participante pode optar por correr sozinho ou em dupla (no caso, um piloto faz a prova de sábado e, o outro, a de domingo).

Apesar de faltar algumas semanas até o início do campeonato, a expectativa em torno da competição está muito alta, tanto que a apresentação da categoria, dentro da etapa do Itaipava GT Brasil no último domingo (10), teve cem convidados da Mercedes-Benz e torcida organizada preparada por concessionários, totalizando mil pessoas presentes em Interlagos. Em resumo, tudo pronto para um belo espetáculo do Mercedes-Benz Grand Challenge em 2011.