Estreia da Parakart foi destaque na etapa disputada no último sábado

O Kartódromo Internacional Granja Viana recebeu a terceira etapa da Copa São Paulo com número recorde de pilotos: 312 karts foram inscritos nas 14 categorias. A prova do último final de semana também marcou a estreia da categoria Parakart na competição, que contou com a participação de 20 pilotos e teve Stephane Malle no andar mais alto do pódio, com Rony Ederson em segundo e Rafael Rodrigues em terceiro.

“É muito gratificante ver a evolução da Parakart, que nasceu há dois anos e, depois de passar por momentos difíceis, conseguiu apoios importantes como o da Sabesp e já se consolida como uma categoria muito competitiva. Exemplo disso é a participação de 20 karts já na primeira prova do ano”, diz Felipe Giaffone, piloto bicampeão da Fórmula Truck e promotor da Copa SP de Kart Granja Viana.

Na Junior Menor, a vitória ficou com Igor Mello, seguido por Felipe Ortiz em segundo e Gabriel Sereia em terceiro. Na Mirim, o vencedor foi Paulo Coelho, com Zezinho em segundo e Luis Rosate em terceiro. O vencedor da Executive foi Fernando Guzzi. Roberto Azana ficou em segundo e Marcelo Manna, em terceiro.

Matheus Jacques cruzou a linha de chegada na primeira posição da categoria Junior, seguido por Pietro Rimbano e Léo Gimenez. Na Shifter, quem subiu ao andar mais alto do pódio foi Danilo Dirani, seguido por seu irmão, Dennis, e Jean Aguiar em terceiro. Na Super F4, Leonardo Mendes recebeu a bandeirada na primeira posição, com Yuri Alves em segundo e Paulo Faria em terceiro.

Na categoria Graduados/Sudam, a vitória ficou com Victor Franzoni, com André Nicastro em segundo e Sergio Jimenez em terceiro. Na Sênior/Super Sênior, o vencedor foi Fernando Guzzi, seguido por Ernandes Onassis e José Eduardo.

A Stock 125 teve como vencedor Alan Massaini, com a dupla Roberto Azana/Fernando Guzzi em segundo e Gaetano Di Mauro/Bruno Balarin em terceiro. Na Shifter Junior, o vencedor foi Gustavo Lima, seguido por Lukas Moraes e Guilherme Samaia.

Yanni Fontana venceu na Cadete, com Breno Gerradini em segundo e Thiago Lopes em terceiro. Murilo Coletta venceu na Super Cadete, com Pedro Cardoso em segundo e João Pedro Guim em terceiro. Na Pró 500, a vitória ficou com a dupla da equipe MV, seguida pelo duo da TNT/Blue Spirit em segundo e o duo da MV Racing/Stop Aço em terceiro na geral e primeiro na Sênior. Na Light, o primeiro lugar foi da equipe Meteoro/Donnopel.