Piloto brasileiro, que foi campeão da F-3 Italiana e testou pela escuderia Ferrari em 2010, dá mais um importante passo rumo à Fórmula 1

Tudo pronto para o início da temporada 2011 da World Series by Renault. A partir deste sábado (16/04), no Circuito Motorland Aragón, em Alcañiz (ESP), será realizada a primeira etapa do campeonato (rodada dupla). Entre os competidores inscritos para a disputa, está o estreante Cesar Ramos. Campeão da Fórmula 3 Italiana em 2010, o piloto brasileiro disputará a categoria com o suporte da equipe inglesa Fortec Motorsports.

Apesar de estreante na World Series by Renault, Cesar Ramos já teve oportunidade de acelerar o monoposto de chassis Dallara e motor Renault V6 3,5L, que atinge até 480 cavalos de potência, no autódromo espanhol. Os dois primeiros testes da categoria na temporada 2011 foram realizados no circuito de 5.344 metros de extensão, e o piloto brasileiro mostrou bom desempenho, sempre andando entre os mais rápidos.

“Motorland é um traçado que eu gosto. Mesmo não sendo minha pista preferida, é rápida e muito técnica. Por ser muito larga, não é fácil encontrar pontos de referência no início”, comentou o piloto gaúcho. “O carro é ótimo de guiar, o freio de carbono é muito eficiente e me surpreendi com o câmbio, que é muito bom também. Temos algumas opções de ajustes e o carro sente facilmente, principalmente a parte aerodinâmica”, continuou o estreante.

No total, foram sete dias de testes coletivos e privados, realizados em Motorland (ESP), Barcelona (ESP), Paul Ricard (FRA) e Monza (ITA). Cesar Ramos mostrou-se bastante competitivo. Motivado pelo bom desempenho apresentado nas sessões de pré-temporada, o estreante brasileiro começa o campeonato buscando não apenas experiência, mas também desempenho.

“O objetivo é buscar os resultados já desde o início da temporada, e também crescer como piloto durante o campeonato para pensar em dar um passo maior em 2012″, disse o brasileiro, sem esquecer os seus principais concorrentes. “Além do Daniel Ricciardo (terceiro piloto da equipe Toro Rosso de F-1), são muitos pilotos rápidos, mas acredito que os mais fortes são os que já competiram no ano passado na World Series: Brendon Hartley, Daniel Zampieri, Albert Costa, Robert Wickens, J. Eric Vergne e Alexander Rossi”, falou Cesar.

Após conquistar o título da Fórmula 3 Italiana em 2010, Cesar Ramos realizou um teste com a escuderia Ferrari. No Circuito de Vallelunga (ITA), próximo a Roma, o brasileiro pôde concretizar o sonho de acelerar um Fórmula 1. Agora na World Series by Renault, o estreante fica ainda mais próximo de buscar uma nova oportunidade na categoria mais badalada do automobilismo mundial.

“Quem anda bem na World Series pode ter sucesso na F-1, e temos alguns exemplos claros disso, como o próprio Sebastian Vettel. Agora tenho a oportunidade de estar competindo nessa categoria bastante competitiva e vou trabalhar muito para manter meu nome em alta”, finalizou Cesar Ramos.