Ultrapassagem a três voltas do fim e diferença de meio segundo em relação ao segundo colocado coroam a estreia do Audi DTCC

Pódio completo da 1ª Etapa da Audi DTCC | Crédito: Thais Nunes

A primeira categoria monomarca de carros Audi no planeta deu a largada para a primeira corrida de sua história na manhã deste sábado (9) no Autódromo Internacional de Curitiba, na capital paranaense. A briga era grande para começar a história do Audi DTCC – Driver Touring Car Cup -, como seu primeiro vencedor.

E depois de muitas disputas – e equilíbrio – na pista, a honra do lugar mais alto do pódio coube ao pole-position Elias Azevedo, com José Mario Castilho em segundo lugar e Matheus Maccari em terceiro. Décio Rodrigues, Idenis de Souza e Wagner Amorim fecharam os seis primeiros entre os 15 Audi A3 Sport que largaram.

“O (José Mario) Castilho deu muito calor. A corrida foi emocionante, muito disputada. Nós andamos o tempo todo colados um no outro, dividindo cada curva, um virando a volta mais rápida da corrida em uma volta, o outro dando o troco no giro seguinte… Foi uma corrida muito dura, e estou extremamente feliz em ter sido o primeiro vencedor do Audi DTCC, que é a primeira categoria apoiada pela marca no mundo todo”, comemorou Azevedo.

“Não foi nada fácil, mas lutamos o tempo todo. O carro foi muito bem, extremamente constante durante toda a corrida”, apontou Castilho.

A corrida – A primeira posição de Elias, o pole position, só durou até a freada para a primeira curva após a largada. José Mario ganhou a posição e os dois iniciaram uma luta que perdurou até a bandeirada quadriculada, 27 minutos depois. Pilotos pouco mais experientes em relação ao restante do grid, a dupla logo abriu distância para o pelotão.

“Do terceiro colocado para baixo a disputa está muito parelha. Larguei em sexto, ganhei uma posição na primeira curva e mais duas durante a corrida. Graças à constância do carro, pude manter o mesmo ritmo em todas as voltas. Gostei muito do resultado”, disse Matheus Maccari, terceiro colocado.

Enquanto Castilho e Azevedo faziam sua briga particular abrindo para os outros 12 carros, no segundo pelotão a disputa foi bastante intensa, com várias tentativas e ultrapassagens. Na frente, a vantagem de José Mario para Elias não ultrapassou 1s2, mantendo-se na maior parte do tempo entre 0s2 e 0s7. A três voltas do fim, o piloto do carro número 21 aproximou-se ainda mais do 33 e investiu na ultrapassagem no ‘S’ de baixa, ao fim da reta dos boxes. Os dois Audi A3 Sport chegaram a se tocar, sem prejuízos para ambos – apesar de terem sido advertidos pela direção de prova ao fim da corrida.

Como o regulamento determina a inversão dos oito primeiros colocados da primeira prova para a formação do grid da segunda, Elias larga em oitavo, Castilho em sétimo, e assim por diante, com Dionon Cantarelli saindo da pole (chegou em oitavo). A largada para a segunda corrida acontece às 15 horas deste sábado (9).

Confira o resultado da primeira corrida:

1º Elias Azevedo – 17 voltas em 27min57s845

2º José Mario Castilho – a 0s578

3º Matheus Maccari/Ricardo Mantovani – a 23s061

4º Décio Rodrigues – a 27s262

5º Idenis de Souza – a 31s612

6º Wagner Amorim – a 44s472

7º Henry Visconde – a 1min10s397

8º Dionon Cantareli – a 1min10s899

9º Ricardo Landi – a 1min11s115

10º Daniel Prado – 1min11s641

11º Geciel Andrade – a 1min12s057

12º Adolpho Rossi – a 1min23s248

13º Dennis Rolim – a 1min24s422

14º Rogerio Wehmuth – a 3 voltas

15º Daniel Daroz – a 4 voltas

Melhor Volta - José Mario Castilho – 1min36s663 – média de 137,612 km/h