Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O objetivo de conhecer os potentes carros da Copa Petrobrás de Marcas e sentir toda a adrenalina de correr entre pilotos que admira foi alcançado pelo curitibano Fernando Miranda. A última etapa realizada em Goiânia, no final de semana trouxe euforia ao mesmo tempo em que se concentrava no traçado ainda desconhecido.

A instabilidade do tempo, o forte calor e as alternâncias na condição da pista, complicaram o desempenho da dupla Fernando Miranda e Thiago Oliveira que dividem a pilotagem do Mitsubishi Lancer #46. A queima da embreagem logo após o início do segundo treino livre no sábado, impossibilitou a disputa por uma boa posição no grid.

Thiago Oliveira largou da 17ª posição na primeira corrida e terminou em 14º, posto em que Fernando Miranda partiu para a segunda prova. “Fiz uma largada ruim e perdi quatro posições e recuperei três. Vinha acompanhando o pelotão mas o carro teve um super aquecimento, entrou no módulo de segurança e apagou. Aconteceu o mesmo problema com o carro do Ricardo Maurício, na mesma volta e no mesmo lugar. Mesmo com as adversidades, a experiência dos contratempos foram boas para o nosso aprendizado”, concluiu Fernando Miranda (Sulmix Equipamentos/I9Car/Auto Fresch).