Valter Rossete e Fabio Greco

Chuva tumultuou a corrida, que vinha sendo comandada por Marcello Sant’Anna e Christian De Rey

O bom público presente nas arquibancadas do circuito de Interlagos, em São Paulo, acompanhou de perto o domínio dos modelos Ferrari Challenge na segunda corrida da temporada da Itaipava GT4, disputada neste domingo (10). Valter Rossete e Fábio Greco venceram, seguidos por Sérgio Laganá e Alan Hellmeister. Agora, as duas duplas dividem a liderança do campeonato, com 37 pontos. Marcello Sant’Anna e o estreante Christian De Rey, que lideraram a maior parte da corrida, chegaram na terceira posição, prejudicados pela chuva que embaralhou a prova e encerrou o evento de forma prematura.

Os maiores beneficiados pela confusão, aproveitando o bom ritmo e uma excelente estrategia de box, foram Caio Lara e Cristiano Federico, que voltaram à pista na liderança após as paradas e ocupavam o primeiro lugar quando foi dada a bandeirada, agitada sob bandeira amarela, com os carros atrás do safety car. A festa deles, no entanto, durou pouco. Foram desclassificados porque a equipe retirou o carro do parque de vistoria técnica sem autorização. Valter Rossete e Fabio Greco herdaram a posição mais cobiçada também com méritos.

Se depender do nosso planejamento, será sempre assim, queremos marcar pontos regularmente. A corrida foi complicada, larguei na pole position e andamos bem até a chuva cair muito forte, o que deixou tudo como loteria“, falou Valter Rossete, atual campeão da Itaipava GT4. Para Alan Hellmeister, o fim de semana não poderia ter sido melhor, com uma vitória e um segundo lugar, mesmo com a dificuldade do Ferrari Challenge em andar na pista molhada. “Na verdade, o grande problema da Ferrari na chuva é o pneu“, comentou Alan Hellmeister.

Ele é estreito, então dificulta, mas a decisão de parar tudo foi muito correta pela direção de prova. Demorei para trocar os pneus pensando que fosse secar, mas não foi o que aconteceu. Foi tudo muito bom, agora vamos para a próxima“, concluiu Alan Hellmeister. Marcello Sant’Anna e Christian De Rey lamentaram as circunstancias de corrida, que afastaram a dupla de uma provável vitória. “Nós entramos nos boxes em primeiro lugar e saímos em quarto. Foi uma pena, mas está claro que o carro é competitivo e foi bom disputar a vitória“, revelou Marcello Sant’Anna.

O RESULTADO FINAL EM INTERLAGOS

1º V.Rossete/F.Greco (Ferrari Challenge)

2º S.Laganá/A.Hellmeister (Ferrari Challenge)

3º M.Sant’Anna/C.De Rey (Ferrari Challenge)

4º C.Federico/C.Lara (Ferrari Challenge)

5º E.Ramos/L.Almeida (Aston Martin)

6º Valter Pinheiro (Maserati Trofeo)

7º M.Melo/W.Freire (Ginetta G50)

8º J.Gonçalves/C.Coelho (Maserati Trofeo)

9º O.Federico/M.Losasso (Maserati Trofeo)

10º C.Burza/L.Burti (Ginetta G50)

CLASSIFICAÇÃO EXTRA-OFICIAL DA ITAIPAVA GT4 (APÓS 2 DE 20 ETAPAS)

1º Valter Rossete/Fábio Greco (Ferrari Challenge), 37 pontos

1º Sérgio Laganá/Alan Hellmeister (Ferrari Challenge), 37

3º Caio Lara/Cristiano Federico (Ferrari Challenge), 26

3º Leandro Almeida/Eduardo Souza Ramos (Aston Martin Vantage), 26

5º William Freire/Marçal Melo (Ginetta G50), 16

6º Marcello Sant’Anna/Christian De Rey (Ferrari Challenge), 15

7º Otávio Mesquita (Ferrari Challenge), 11

8º Cae Coelho/João Gonçalves (Maserati Trofeo), 10

9º Valter Pinheiro (Maserati Trofeo), 9

10º Carlos Burza/Leonardo Burti (Ginetta G50), 8

11º Demetrio Mendes/Valter Patrocinio (Maserati Trofeo), 3

11º Marcelo Losasso/Oswaldo Federico (Maserati Trofeo), 3