Paranaense trabalhou no acerto do equipamento para a segunda etapa do Mundial FIA de GT1, na Bélgica

Os primeiros treinos oficiais da segunda etapa do Mundial FIA de GT1 serviram como aclimatação para Enrique Bernoldi. O paranaense, que divide um Nissan GT-R em parceria com o compatriota Ricardo Zonta, marcou o terceiro melhor tempo no treino livre pela manhã. Porém, na pré-classificação da tarde, com a pista um pouco mais quente, Bernoldi e Zonta testaram novas soluções de acerto e marcaram o décimo tempo, com 1min29s651. A dupla formada por Dominik Schwager e Nicky Pastorelli, com um Lamborghini Murcielago 670 R-S, estabeleceu a melhor volta do dia, em 1min28s716.

A diferença de tempo e posições entre os dois treinos se deve ao trabalho de acerto da equipe Sumo Power GT e aos pneus utilizados. “Na sessão da tarde, eu saí com pneus velhos e a temperatura do asfalto aumentou“, disse o piloto do carro número 20. “Quando o Ricardo (Zonta) saiu com pneus novos, nosso acerto não era o ideal para aquelas condições e o tempo não veio. Porém, o mais importante foi testar novas soluções para buscar as primeiras posições na classificação“, analisou.

Apesar dos problemas, Bernoldi viu como positiva a sua participação no primeiro dia de treinos oficiais. “Deu para entender um pouco mais sobre o comportamento do carro. O treino classificatório é amanhã, o que significa que temos tempo para analisar os dados no computador e discutir as melhores soluções para a corrida“, finalizou.

O treino classificatório do Mundial FIA de GT1 acontece neste sábado. A largada para a segunda etapa da temporada 2011 será no domingo.