Brasileiro foi o mais rápido entre os pilotos que testaram pela Lotus-ART em Hungaroring

Enquanto aguarda o início da terceira série de treinos coletivos da pré-temporada da GP3 Series, o brasileiro Pedro Nunes (OGX/Grupo CGE) continua cumprindo o programa particular de treinos proposto pela equipe francesa Lotus-ART para seus pilotos neste campeonato.

Nesta semana Pedro foi ao autódromo de Hungaroring, na Hungria, para mais um dia de testes com o Fórmula 3 da equipe – carro com o qual já trabalhou nas pistas de Paul Ricard e Monza neste ano. E o resultado deixou o brasileiro com boas expectativas para os treinos da GP3 que serão realizados entre os dias 12 e 14 de abril em Barcelona, na Espanha.

Com o tempo de 1min39s62 em cerca de 70 voltas completadas, Pedro superou o finlandês Aaro Vainio (1min39s84), que, apesar de disputar a temporada da GP3 Series pela equipe Tech 1, tem parte de seu programa de testes particulares realizado pela Lotus-ART. A carreira de Vainio é gerenciada por Nicolas Todt, um dos sócios da ART.

Fizemos apenas um dia de treinos na Hungria, mas como o tempo estava bom, completamos muitas voltas e tivemos um dia bastante produtivo. A cada treino consigo um entrosamento maior com meu engenheiro, e isso no automobilismo é fundamental para a busca por bons resultados. Além disso, Hungaroring é um circuito que faz parte do calendário da GP3 Series. Por isso, pude não só me manter na ativa enquanto os treinos de Barcelona não começam, mas também me habituar um pouco mais com essa pista”, comentou o brasileiro.

A temporada 2011 da GP3 Series começa no dia 08 de maio, em Istambul, como preliminar da etapa da Turquia da Fórmula 1.