Burocracia relativa às peças de seu novo carro impediram o piloto de estar em Interalgos para a abertura da temporada

A dupla formada por Sérgio Jimenez (GFS Software) e João Adibe tem nova data para estrear no Itaipava GT Brasil. Os pilotos, que acertaram com a equipe WB Motorsports para correr com o Ford GT patrocinado pela Cimed, não poderão correr em Interlagos neste final de semana devido a questões burocráticas na liberação de algumas peças do carro, que são importadas da Europa.

A princípio, Jimenez e Adibe correriam com o Lamborghini Gallardo LP560 preparado pela Via Itália. Entretanto, a dupla acabou fechando com a WB para correr com o Ford porque não houve um desfecho favorável a tempo na Via Itália. O contratempo acabou sendo positivo para Jimenez, que vai poder competir com o mesmo modelo que foi campeão da temporada passada com os pilotos Valdeno Brito e Matheus Stumpf – e que dividirão com ele o mesmo box durante o ano.

“Apesar de não poder correr em Interlagos, estou feliz com o que conseguimos acertar. Teremos mais tempo para nos preparar e correr na preliminar da Fórmula Indy em um circuito de rua, que é um tipo de pista que eu gosto bastante”, afirmou Sérgio, referindo-se à Itaipava São Paulo Indy 300 Nestlé, que acontece no dia 1º de maio no Circuito Anhembi. O Itaipava GT Brasil integrará o evento, que marca a segunda etapa do campeonato e a quarta do calendário da IZOD IndyCar Series.