Foto: Duda Bairros/Vicar

Dupla da C2 sofreu com uma quebra no escapamento e já pensa na etapa de Goiânia.

A terceira etapa da Copa Petrobras de Marcas – os 200 Km de Interlagos — contou com os titulares dividindo o comando do carro com convidados foi marcado por um grande evento, que apesar da chuva não intimidou o público que lotou as arquibancadas.

A dupla da equipe C2 formada por Gabriel Casagrande e Julio Campos, acabou enfrentando problemas na corrida com uma quebra no escapamento o que prejudicou muito o desempenho do Cruze #83.

“A corrida em duplas foi uma ação muito interessante e fiquei muito feliz em correr ao lado do Julio. Por outro lado, infelizmente, foi uma corrida bem difícil nosso escapamento quebrou, prejudicando muito nosso desempenho. Não foi o resultado que a gente esperava. Agora vamos pensar em trabalhar para Goiânia e buscar mais um bom resultado, quem sabe repetindo a vitória de Brasília”, destacou Casagrande, o caçula da competição.

Para Campos, um dos grandes nomes do automobilismo no Brasil, sendo um dos destaques da Stock Car, o resultado não foi o esperado, enfocando que essa é apenas a terceira corrida da C2 na categoria e vinham de um ótimo resultado na etapa anterior. “Essa foi a primeira vez que a equipe fez uma corrida com chuva e o nosso acerto ficou um pouco prejudicado por um problema de freio, que enfrentamos durante o sábado, o que acabou não conseguindo desenvolver o carro do jeito que esperávamos. Mas valeu muito ter voltado a correr no Marcas, vimos um autódromo cheio e um grande evento para o público, que enfrentou muita chuva para ver a corrida”, disse Campos.