André Marques, que chegou a estar em terceiro lugar, terminou em sétimo, duas posições à frente de Luiz Pucci.

A segunda etapa da temporada da Fórmula Truck, disputada neste domingo (3), no Rio de Janeiro, terminou com pontos para os dois pilotos do TNT Energy Team. André Marques, inclusive, chegou a sonhar com a primeira vitória na categoria: andou em terceiro lugar e tinha caminhão para pressionar o piloto da frente quando enfrentou um problema de motor e passou a perder rendimento – mesmo assim, acabou em sétimo lugar em Jacarepaguá.

Luiz Pucci superou uma punição por queima de radar para marcar seus primeiros pontos na Fórmula Truck. Ele terminou em nono. “É sempre bom trazer mais alguns pontos para casa, mas confesso que estou um pouco chateado, porque a corrida estava na nossa mão. O meu objetivo hoje era o pódio e estávamos bem perto de alcançá-lo até enfrentar o problema. Mas valeu, está claro que o caminhão tem potencial e vamos seguir trabalhando em cima disso”, destaca André Marques.

O resultado de Luiz Pucci, mesmo diante de uma corrida atribulada, fez dele o melhor entre os estreantes na prova do Rio de Janeiro. “Foi difícil, tive a questão da punição, um toque com a (Cristina) Rosito, tudo isso prejudicou um pouco, mas no final consegui terminar a corrida pela segunda vez consecutiva e agora marcando os meus primeiros pontos. Como falamos também em Santa Cruz do Sul, dá para dizer que saio daqui com a missão cumprida”, conta Luiz Pucci.