Previsão de chuva poderá deixar a corrida cheia de alternativas


A Copa Caixa Stock Car vai realizar a sua segunda etapa neste domingo (03/4), no circuito de Interlagos, em São Paulo (SP), com previsão de chuva durante todo o evento. E este tipo de situação costuma provocar corridas emocionantes, cheias de alternativas e até com resultados inusitados.

“Eu vou fazer a dança da chuva esta noite para que os meteorologistas acertem a previsão. De onde estou largando, qualquer coisa é lucro e existe a possibilidade de tudo mudar e eu poder ir pra frente”, admite Átila Abreu (Pioneer/Zinco Jeans/AMG Motorsport), quarto colocado no campeonato, que estará largando da sétima fila. A prova terá início a partir das 11 horas (de Brasília), com transmissão pela Rede Globo de Televisão.

A pole position ficou com Ricardo Maurício (Eurofarma RC), com a marca de 1min38s806. Atual campeão e vice-líder desta temporada, Max Wilson (Eurofarma RC) vai partir apenas da nona fila. Já o líder Tiago Camilo (RCM Motorsport) vai dividir a fila com Átila Abreu.

“Vou sair em boa companhia. Isto mostra que o resultado desta classificação foi um pouco atípico. Pelo menos estou cercado de pilotos muito competentes e poderemos fazer boas disputas na chuva para irmos subindo de posições”, acredita Átila, que subiu no pódio nas duas últimas corridas disputadas em Interlagos.

“O carro do Átila está desequilibrado, não encontramos o acerto ideal. Mas também ninguém está com o carro perfeito, pelo que pudemos ver. Vai ser uma corrida complicada pra todo mundo”, prevê Maurício Matos, chefe da equipe AMG Motorsport/ Pioneer/Zinco Jeans/OTG/Baterias Líder/Colonial Rodas.

“Com chuva vira um pouco de loteria e pode provocar até resultados inusitados. Eu quero me aproveitar desta situação para ser o cara da vez”, concluiu Átila. Vale lembrar que no encerramento da temporada do ano passado, sob chuva, o estreante Diego Nunes (Bassani Racing) venceu, enquanto no campeão da temporada recebeu a bandeirada apenas em oitavo.