Sem o setup ideal para treinos de classificação no início da sessão, brasileiro optou por fazer testes visando melhora do carro em ritmo de prova. Chuva na parte da tarde tornou o dia pouco produtivo na busca por mais velocidade


A chuva voltou a marcar presença nos testes coletivos da GP3 Series, desta vez encerrando com pista molhada a segunda sessão de treinos realizada nesta quarta-feira (30) em Silverstone, na Inglaterra. As condições adversas no período da tarde tornaram o ensaio pouco produtivo na busca por mais velocidade, já que provocaram a concentração de todo o trabalho das equipes no período da manhã. E só contribuíram para encerrar mais cedo um dia classificado como “ruim” pelo piloto brasileiro Pedro Nunes (OGX/Grupo CGE).

Depois de fechar a primeira sessão de treinos em Silverstone a pouco mais de 0s4 da melhor volta – e de terminar o primeiro dia de atividades na Inglaterra em 12o no combinado dos treinos da manhã e da tarde -, Pedro teve uma quarta-feira problemática no circuito que receberá a quarta etapa da temporada, nos dias 09 e 10 de julho.

“Na parte da manhã não conseguimos encontrar um acerto realmente rápido, então decidimos fazer um simulado de corrida, andando com o carro mais pesado, em configuração de prova. Como choveu no período da tarde, posso dizer que o dia foi praticamente perdido em termos de desenvolvimento de velocidade. Valeu pelo treino de corrida, mas como passamos praticamente em branco hoje, teremos um terceiro dia de testes ainda mais decisivo amanhã (quinta)”, disse o brasileiro.

A GP3 Series permanece mais um dia em Silverstone, com mais duas sessões coletivas de três horas cada nesta quinta-feira. Veja como terminaram as duas sessões desta quarta no circuito inglês:

Treino da manhã
1) Gabby Chaves (EUA), 1min50s799
2) Lewis Williamson (GBR), 1min50s894
3) Michael Christensen (DIN), 1min50s966
4) Nico Muller (SUI), 1min51s059
5) Nigel Melker (HOL), 1min51s082
6) Alexander Sims (GBR), 1min51s085
7) Simon Trummer (SUI), 1min51s127
8) James Calado (GBR), 1min51s138
9) Mitch Evans (NZL), 1min51s154
10) Marlon Stockinger (FIL), 1min51s179
11) Valtteri Bottas (FIN), 1min51s189
12) Andrea Caldarelli (ITA), 1min51s319
13) Aaro Vainio (FIN), 1min51s348
14) Tamas Pal Kiss (HUN), 1min51s387
15) Antonio Felix Da Costa (POR), 1min51s409
16) Vittorio Ghirelli (ITA), 1min51s630
17) Nick Yelloly (GBR), 1min51s635
18) Rio Haryanto (INA), 1min51s713
19) Adrian Quaife-Hobbs (GBR), 1min51s749
20) Tom Dillmann (FRA), 1min51s893
21) Thomas Hylkema (HOL), 1min52s067
22) Conor Daly (EUA), 1min52s111
23) Pedro Nunes (BRA), 1min52s134
24) Willi Steindl (AUT), 1min52s195
25) Ivan Lukashevich (RUS), 1min52s318
26) Zoel Amberg (SUI), 1min52s526
27) Maxim Zimin (RUS), 1min52s542
28) Matias Laine (FIN), 1min52s595
29) Fernando Monje (ESP), 1min52s704
30) Kotaro Sakurai (JAP), 1min54s141

Treino da tarde
1) Gabby Chaves (EUA), 1min51s449
2) Nico Muller (SUI), 1min51s596
3) Lewis Williamson (GBR), 1min51s641
4) Alexander Sims (GBR), 1min51s752
5) Marlon Stockinger (FIL), 1min51s775
6) Adrian Quaife-Hobbs (GBR), 1min51s981
7) Vittorio Ghirelli (ITA), 1min52s328
8) Rio Haryanto (INA), 1min52s472
9) Simon Trummer (SUI), 1min52s538
10) Tom Dillmann (FRA), 1min52s557
11) Mitch Evans (HOL), 1min52s741
12) Michael Christensen (DIN), 1min52s770
13) James Calado (GBR), 1min52s886
14) Antonio Felix Da Costa (POR), 1min52s940
15) Fernando Monje (ESP), 1min52s976
16) Pedro Nunes (BRA), 1min53s021
17) Thomas Hylkema (HOL), 1min53s081
18) Matias Laine (FIN), 1min53s214
19) Valtteri Bottas (FIN), 1min53s249
20) Aaro Vainio (FIN), 1min53s263
21) Maxim Zimin (RUS), 1min53s436
22) Zoel Amberg (SUI), 1min53s682
23) Willi Steindl (AUT), 1min53s803
24) Tamas Pal Kiss (HUN), 1min53s895
25) Kotaro Sakurai (JAP), 1min53s941
26) Andrea Caldarelli (ITA), 1min53s980
27) Nigel Melker (HOL), 1min53s989
28) Conor Daly (EUA), 1min54s967
29) Nick Yelloly (GBR), 1min55s075
30) Ivan Lukashevich (RUS), 1min59s785