Depois de 38 anos, o Autódromo de Cascavel Zilmar Beux passa a pertencer ao município.

Durante solenidade realizada na prefeitura de Cascavel, foi sancionada a Lei 029/2011 que autoriza o Poder Executivo a receber a doação do autódromo, que hoje pertence à empresa Cascavel S.A. Empreendimento Esportivos e Imobiliários.

A área é de 872.478 metros quadrados, doada a prefeitura que se responsabilizará pelas obras de revitalização do local, a pista será alargada e o traçado original mantido. Com a municipalização, o executivo se compromete em manter o complexo esportivo.

Para o presidente do Automóvel Clube de Cascavel, Miguel Beux a doação representa a devolução de uma das melhores pistas do Brasil para o circuito de provas automobilísticas.

“Nosso traçado é um dos melhores do país. Ficamos de fora porque tínhamos uma estrutura sem investimento. Agora eles devem acontecer”, ressalta Beux.

Outros 86.622 metros quadrados ficam com os atuais acionistas e serão transformados em loteamentos comerciais.

O presidente do Automóvel Clube, disse que para 2012 já existem contatos de novos campeonatos brasileiros que podem acontecer na cidade.

O prefeito de Cascavel, Edgar Bueno, informou que município busca parcerias para realizar investimentos e as modificações necessárias. “Cascavel vai voltar a receber grandes corridas, e o Brasil precisa de autódromos”, ressalta Edgar Bueno.

O secretário Especial de Esportes do Paraná, Evandro Rogério Roman, disse que a partir de agora parcerias podem ser possíveis.

“O ato traz a possibilidade de trazer novos eventos como no passado. Hoje não teremos mais dificuldade para fazer investimento. Existem projetos do governo do estado para trazer apoio ao automobilismo em Cascavel”.

Durante a solenidade, pilotos foram homenageados e falaram sobre o autódromo, que já foi sede de grandes eventos nas décadas de 1970 e 80.

Os pilotos comemoraram:

“É um momento muito importante para o esporte, um dia histórico para a cidade que poderá receber grandes eventos novamente”, Pedro Muffato, empresário e piloto há 44 anos.

“Os pilotos gostam muito do autódromo de Cascavel e aonde você vai a pista é lembrada. Espero em breve estar correndo na minha categoria em casa”, Diogo Pachenki, piloto campeão da Copa Montana 2010.