Novo macacão extraleve da fabricante brasileira vestiu 18 dos 31 pilotos que participaram da etapa de abertura da competição, no último fim de semana, em Curitiba

A Corsa Comercial Ltda., principal fabricante brasileira de vestimentas e equipamentos de segurança para pilotos de automobilismo, comemorou a liderança absoluta do mercado de macacões na Stock Car. Com 18 clientes entre os 32 pilotos que participaram da primeira prova da Copa Caixa, a empresa alcançou 60% do mercado – o que comprova a grande aceitação dos pilotos à nova linha de produtos X4, lançada no ano passado. Dos dez primeiros colocados na prova do último domingo, sete usavam macacões produzidos em São Paulo.

Os macacões X4, únicos no mundo a possuir quatro camadas de proteção contra incêndio, são também os mais leves e confortáveis disponíveis no mercado, com 100% de aprovação entre os pilotos que já experimentaram a aplicação de tecnologias desenvolvida pela empresa. A estréia do produto ocorreu no ano passado, quando a Corsa superou em mais de 35% as exigências da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) para a homologação desse tipo de equipamento.

“Em nome de toda a equipe Corsa, gostaria de fazer um agradecimento a nossos clientes, que prestigiaram nossa nova linha de produtos. Conseguimos uma grande evolução nos padrões de conforto e proteção contra fogo com os macacões X4, e somos gratos a todos pela confiança na marca Corsa. Ter a liderança do mercado é algo muito gratificante, e não se consegue chegar a essa posição sem um trabalho sério, focado no cliente. E é isso que temos feito desde sempre na Corsa”, comentou Orlando Sgarbi Filho, diretor da empresa fundada há 24 anos.

Na Stock Car, a Corsa é fornecedora de macacões para as equipes Eurofarma (Ricardo Maurício e Max Wilson), BVA-Scuderia 111 (Júlio Campos e Alan Hellmeister), Itaipava Racing Team (Luciano Burti e David Muffato), Crystal Racing Team (Cláudio Ricci e Ricardo Zonta), Hot Car Competições (Giuliano Losacco e Eduardo Leite), Esso Mobil Super Race (Nonô Figueiredo e Valdeno Brito), além dos pilotos Thiago Camilo, Átila Abreu, Diego Nunes, Lico Kaesemodel, Willian Starostik e Rodrigo Navarro.