Piloto chegou na sexta colocação e com isso já estabelece bom início para conquistar a meta de se classificar para o playoff decisivo no final do ano.


Um dos destaques da primeira etapa da Stock Car foi Popó Bueno, que protagonizou boa corrida de recuperação na estreia da equipe Comprafacil.com.

Depois de largar na 14ª colocação, o piloto conseguiu fazer uma prova consistente, imprimindo um ritmo forte desde o início e assim conquistando o sexto lugar, que lhe garante uma pontuação privilegiada pensando no objetivo de se classificar para o playoff decisivo da categoria. Nas quatro últimas etapas, somente os dez melhores do campeonato seguem na luta pela taça de campeão.

“Foi um final de semana difícil: tivemos uma classificação atribulada e uma parada de box que foi tumultuada porque praticamente todos os carros resolveram fazer o pit quando o safety car foi acionado. Por isso, considero um grande lucro com o sexto lugar”, diz Popó Bueno.

“Meu objetivo para esta temporada é a classificação para o playoff. Sempre tenho em mente o número de 50 pontos como meta. Se pensarmos assim, mesmo faltando ainda sete etapas para a classificação do playoff, já temos um quinto do caminho percorrido”, diz o piloto da equipe Comprafacil.com, citando os dez pontos marcados hoje em Curitiba.

O começo da corrida foi complicado para Popó: ele ficou encaixotado e caiu para 18º, mas conseguiu se recuperar ainda nas primeiras voltas, conquistando posições.

“Usei o novo sistema de ultrapassagem, que é uma ótima ferramenta para os pilotos. Confesso que imaginava que seria mais potente, mas mesmo assim consegui ultrapassar adversários e chegar em sexto”, diz Popó.

A equipe Comprafacil.com também esteve perto de marcar pontos com Alceu Feldmann. Mas o paranaense teve a corrida marcada por um incidente nos boxes e também por um drive-thru recebido a poucas voltas do fim, quando ele estava no top-15.

No momento do pit stop para troca de pneus do carro de Feldmann, Vagner Carvalho foi atropelado pelo vizinho de box, Valdeno Brito. O mecânico estava na área delimitada, mas acabou sendo atingido na perna quando Valdeno voltava para pista. Ele foi atendido pela equipe do Hospital VITA no centro médico do autódromo com fortes dores, mas nenhuma fratura foi constatada. Carvalho foi liberado logo após o término da prova e passa bem.

“Foi uma pena, a gente tinha condições de marcar bons pontos. Em todo caso, a equipe esteve competitiva na prova e acredito que temos chances de bom resultado em Interlagos”, diz Feldmann, que chegou na 19ª colocação.