Equipe conquista bom resultado na abertura da temporada 2011, com Losacco em 10º e Eduardo Leite, melhor estreante, em 13º

A equipe Hot Car Competições (Bardahl / Agecom) comemorou a conquista de pontos com seus dois pilotos, neste domingo (dia 20), na abertura da temporada 2011 da Copa Caixa Stock Car, em Curitiba (PR). Após os problemas na estratégia para o classificatório, que colocaram os pilotos no final do grid, Giuliano Losacco e Eduardo Leite fizeram uma prova precisa e terminaram em 10º e 13º lugares, respectivamente.

Marcada por alguns incidentes e pneus furados, a etapa teve a vitória de Thiago Camilo. O atual campeão, Max Wilson, em segundo, e Ricardo Zonta, em terceiro, completaram o pódio.

Um Safety Car na oitava volta determinou o andamento da corrida. Vários pilotos optaram pela parada nos boxes. Os que não o fizeram naquele momento e arriscaram levaram a pior. A equipe Hot Car determinou o pit stop no momento do Safety e os dois pilotos reabasteceram e trocaram os pneus do lado esquerdo.

Largando em 22º, o bicampeão Losacco tinha por objetivo terminar na zona de pontos, entre os 15 primeiros. Ganhou 12 posições durante a prova e ficou entre os 10 melhores. “No começo, o carro estava equilibrado, mas depois passou a sair um pouco de traseira. Trocamos os pneus no pit stop e melhorou um pouco. Mantive o ritmo, preocupado com o equilíbrio do carro e o desgaste dos pneus, para permanecer na pista e pontuar. Largar lá atrás sempre compromete um pouco a corrida, mas sem dúvida foi um bom resultado para começar o ano”, declarou o paulista.

Leite, vice-campeão da Copa Montana em 2010, foi o melhor entre os cinco estreantes na categoria. O piloto, que largou em 27º, também marcou três pontos, ganhando 14 posições.

“Tive um problema no freio e também no botão do push to pass, que não funcionou. Mas foi melhor do que eu imaginava. Nunca tinha feito o pit stop e, felizmente, deu tudo certo. Agora vamos para São Paulo. É bom também já ter passado essa ansiedade e ter conseguido ajudar a equipe a marcar pontos logo no começo”, comentou o piloto mais jovem do grid, com 22 anos.

Amadeu Rodrigues, chefe da equipe Hot Car, também festejou o resultado. “Conseguimos atingir os objetivos com os pontos, mas o mais importante é que os dois carros andaram rápido, foram constantes e fizemos dois pit stops muito bons. Sem dúvida, é muito positivo começar o ano assim”, finalizou Rodrigues.

Interlagos receberá a 2ª etapa no dia 3 de abril.

A equipe Hot Car Competições é patrocinada pelas empresas Bardahl e Agecom na temporada 2011 da Copa Caixa Stock Car.

Confira o resultado da etapa de Curitiba:

1º) Thiago Camilo – RCM Motorsport – Chevrolet – 32 voltas em 45min20s414
2º) Max Wilson – Eurofarma RC – Chevrolet – a 1s723
3º) Ricardo Zonta – Crystal Racing Team – Chevrolet – a 2s088
4º) Átila Abreu – A.M.G. Motorsports – Chevrolet – a 10s933
5º) Luciano Burti – Itaipava Racing Team – Peugeot – a 13s659
6º) Popó Bueno – A.Matheis Motorsport – Chevrolet – a 13s713
7º) Julio Campos – Scuderia 111 – Peugeot – a 19s560
8º) David Muffato – Itaipava Racing Team – Peugeot – a 19s768
9º) Duda Pamplona – Officer ProGP – Chevrolet – a 20s613
10º) Giuliano Losacco – Hot Car Competições – Chevrolet – a 27s666
11º) Cacá Bueno – Red Bull Racing – Peugeot – a 37s456
12º) Felipe Maluhy – Officer ProGP – Chevrolet – a 39s166
13º) Eduardo Leite – Hot Car Competições – Chevrolet – a 41s280
14º) Marcos Gomes – Medley FullTime – Peugeot – a 42s549
15º) Daniel Serra – Red Bull Racing – Peugeot – a 43s983
16º) Rodrigo Sperafico – JF Racing – Peugeot – a 46s425
17º) Cláudio Ricci – Crystal Racing Team – Chevrolet – a 49s828
18º) Diego Nunes – Bassani Racing – Peugeot – a 54s410
19º) Alceu Feldmann – A.Matheis Motorsport – Chevrolet – a 1min04s314
20º) Denis Navarro – Bassani Racing – Peugeot – a 1min05s007
21º) Tuka Rocha – BMC Vogel – Chevrolet – a 1 volta
22º) Rodrigo Navarro – JF Racing – Peugeot – a 1 volta
23º) Allam Khodair – Blau Vogel – Chevrolet – a 1 volta
24º) Willian Starostik – Amir Nasr Racing – Peugeot – a 2 voltas
25º) Alan Hellmeister – Scuderia 111 – Peugeot – a 12 voltas
26º) Valdeno Brito – Esso Mobil Super Racing FTS – Chevrolet – a 16 voltas
27º) Ricardo Mauricio – Eurofarma RC – Chevrolet – a 16 voltas
28º) Betinho Valerio – Amir Nasr Racing – Peugeot – a 24 voltas
29º) Lico Kaesemodel – RCM Motorsport – Chevrolet – a 25 voltas
30º) Nonô Figueiredo – Esso Mobil Super Racing FTS – Chevrolet – a 29 voltas
31º) Xandinho Negrão – Medley FullTime – Peugeot – a 31 voltas

Classificação do campeonato:

1º) Thiago Camilo – 25 pontos
2º) Max Wilson – 20
3º) Ricardo Zonta – 16
4º) Átila Abreu – 14
5º) Luciano Burti – 12
6º) Popó Bueno – 10
7º) Julio Campos – 9
8º) David Muffato – 8
9º) Duda Pamplona – 7
10º) Giuliano Losacco – 6
11º) Cacá Bueno – 5
12º) Felipe Maluhy – 4
13º) Eduardo Leite – 3
14º) Marcos Gomes – 2
15º) Daniel Serra – 1