Piloto da equipe Brasil Máquinas busca prova de recuperação amanhã em Curitiba

O piloto Tuka Rocha, da equipe BMC-Vogel, fez hoje, no Autódromo de Curitiba, seu primeiro treino classificatório na Stock Car, categoria na qual estreia em 2011, fazendo sua primeira prova em um campeonato de carro de turismo amanhã (domingo).

Com vasta experiência no exterior, em categorias como A1GP, Fórmula Superleague e F-3000, Tuka começou bem sua experiência na Stock Car ontem, quando fez o 15º melhor tempo dos treinos de sexta-feira, sendo o melhor entre os estreantes.

Hoje, o treino que definiu o grid de largada ocorreu sob uma fina garoa e, em uma sessão marcada por uma longa interrupção após uma bandeira vermelha (acionada após um forte acidente na saída do S de alta). Com dificuldades de acerto de seu carro, Tuka Rocha não conseguiu ir além da 28ª posição, após marcar o tempo de 1m19s256.

Para o piloto da Brasil Máquinas, a fina garoa que caiu sobre a pista acabou impedindo que ele e o time continuassem a evolução do processo de sua adaptação ao carro da Stock Car.

“Por conta desta condição climática diferente hoje, tivemos que mudar toda a preparação do carro em relação ao treino de ontem, realizado com Sol. Apesar disso, eu vinha virando bem e conseguiria um resultado próximo ao de ontem, mas acabei não fazendo uma boa parcial no 3º trecho e isso prejudicou minha posição no grid”, disse Tuka.

O piloto da BMC-Vogel também disse que está mais adaptado ao carro e que pode conseguir uma corrida de recuperação neste domingo.

“Estou bem mais acostumado ao carro e aos poucos estou encontrando o ponto rápido. Amanhã, pretendo fazer uma corrida consciente e imprimir um bom ritmo de corrida, buscando, se possível, marcar pontos em minha estreia na categoria”, completou Tuka.

A corrida deste domingo marca o retorno do paulista de 28 anos à disputa de uma corrida no Brasil – que, por coincidência, também ocorreu pela última vez no circuito paranaense, oito anos atrás, quando disputou uma prova válida pela World Series.