Piloto da Stemco-Duroline está confiante em um bom resultado na prova de hoje à noite, com largada às 22h30 (com transmissão ao vivo para o Brasil pelo Speed Channel)

Depois de conquistar dois 7º lugares nos treinos livres entre as 46 picapes que andaram em Daytona, Miguel Paludo sabia que ficou ainda mais viável o objetivo de conquistar um bom resultado na primeira etapa da Nascar Truck Series, que será disputada a partir das 22h30 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo para o País pelo Speed Channel.

Mas o brasileiro sabe que não terá vida fácil nesta etapa: um domínio das equipes com picape Chevrolet acabou marcando o treino classificatório que define as colocações de largada, disputado na noite de ontem no circuito de 2,5 milhas.

Austin Dillon marcou a pole position, com uma media horária de 179,047 milhas por hora. Com a terceira melhor marca representando a Toyota, Paludo partirá na 14ª colocação, após registrar a velocidade de 175,428 mph, logo à frente do campeão da temporada passada, Todd Bodine (o 15º) e à frente de experientes pilotos como Kyle Busch (o 21º), que compete também na Nascar Sprint Cup.

“O carro está evoluindo bem aqui em Daytona. Por enquanto, estou satisfeito com a competitividade do carro. Eu e o Timothy (Peters, companheiro de equipe de Paludo, que largará em 18º) estamos andando no mesmo ritmo, então isso permitirá que a gente faça uma prova em conjunto, com os dois trabalhando juntos”, comentou Paludo.