Evento idealizado por Lucas Di Grassi, Patrick Rocha e Diogo Zucarelli foi realizado dia 16 de janeiro na cidade do Vale do Ribeira

O sucesso de público do GP da Solidariedade, que levou 3,5 mil pessoas ao Kartódromo de Registro, na cidade paulista, no último dia 16, refletiu-se também na quantidade de doações recolhidas. A prova idealizada pelos pilotos Lucas Di Grassi, Diogo Zucarelli e Patrick Rocha, que marcou a inauguração da pista no Vale do Ribeira, arrecadou quatro toneladas de alimentos e materiais de higiene que foram distribuídas para entidades locais.

As doações foram entregues à APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), à CRIFF (Casa da Criança Futuro Feliz, que abriga crianças abandonadas, órfãs ou vítimas de maus tratos), ao Lar dos Velhinhos e ao Amor ao Menor Esperança (AME) da cidade que fica a cerca de 200 quilômetros da capital paulista.

Para Lucas Di Grassi, o resultado final foi muito positivo e acima do esperado. “Foi um evento muito legal, por ser o primeiro ano. Fizemos o esperado por termos vendido todos os ingressos, conseguimos arrecadar uma boa quantidade de donativos. Nós, pilotos, nos divertimos muito durante o fim de semana e todo mundo ficou bem empolgado. Agora, vamos expandir a corrida para os próximos anos”, declarou o piloto.

O vencedor da primeira edição do GP da Solidariedade foi Betinho Gresse, campeão da Stock Light em 2007 e atual piloto da Stock Car, com Ruben Carrapatoso e Ricardo Maurício fechando os três primeiros.