Marcado para o dia 15 de janeiro, ensaio será realizado no Kartódromo Ayrton Senna, em Interlagos, sede da segunda edição do SKB
A segunda edição do Super Kart Brasil, torneio criado por sete dos maiores campeões do kartismo brasileiro em todos os tempos, começa a movimentar o Kartódromo Ayrton Senna, em São Paulo, já neste sábado (15/1).

Embora o torneio esteja marcado somente para os dias 29 e 30 de janeiro, os organizadores confirmaram a realização de treinos coletivos no circuito neste fim de semana. Os ensaios serão abertos aos pilotos de todas as cinco categorias em disputa, que são a Super Cadete, Júnior, Graduados, Sênior e Shifter.

A principal divisão do SKB-02, a Shifter Kart, terá novamente a presença das principais estrelas da modalidade – como os campeões mundiais Ruben Carrapatoso, André Nicastro e João Gonçalves e todos os sete pilotos-promotores do evento, Paulo Carcasci, Sérgio Jimenez, Danilo Dirani, Renato Russo, Dennis Dirani, além de Nicastro e Carrapatoso.

Para Paulo Carcasci, que começou sua carreira no kart há 37 anos justamente em Interlagos, o treino é necessário para que os pilotos possam avaliar quais as condições do circuito de Interlagos e inicar o trabalho de acerto dos karts.

“Interlagos não é usada há cerca de cinco anos. Precisamos ver como os karts atuais se ajustam à pista em sua condição de hoje. Por isso os treinos do próximo sábado são muito importantes. Além, claro, de permitir que os pilotos voltem ao ritmo de treinos e corridas após o recesso do final de ano”, comentou o promotor.

Em sua segunda edição, o Super Kart Brasil apresenta um formato inédito com dois treinos classificatórios e quatro corridas entre os dias 29 e 30 de janeiro.

Além do interesse profissional nos treinos deste sábado, Paulo Carcasci admitiu uma grande expectativa pessoal em sua participação nas sessões coletivas desta semana. Isso porque, esta será será sua primeira experiência como piloto em um teste oficial de Shifter Kart em Interlagos.

“Andar de Shifter em uma sessão coletiva em Interlagos, 37 anos depois de ter completado minhas primeiras voltas no kartódromo, será bem interessante. Já corri nesse circuito com motores de 100cc, 125cc e até com dois motores de 125cc. Agora vou poder experimentar um kart com seis marchas, freios nas rodas dianteiras e pneus que têm hoje, com a pista molhada, a mesma aderência que os pneus de décadas atrás apresentavam no asfalto seco”, encerrou ele, sete vezes campeão brasileiro da modalidade.

Os treinos coletivos para a segunda edição do Super Kart Brasil serão realizados entre 8h e 17h30 do próximo sábado, com o período dividido em sessões de 15 minutos para cada categoria.