Piloto catarinense afirma que disputar a competição foi inesquecível

Londrina (PR), 22/12/10 – “Inesquecível”. Com essa palavra, o catarinense Leonardo Nienkotter (Itaú/Midea/First Group/Repecon) definiu sua participação na edição de 2010 do Desafio Internancional das Estrelas, realizado no último final de semana, em Florianópolis (SC). Nienkotter não levou o título da competição, mas saiu da prova com a sensação de dever cumprido.

Atual campeão brasileiro de kart e, recentemente, vencedor do Super Nationals – maior evento de kart do Mundo, realizado nos Estados Unidos – Nienkotter chegou ao Desafio das Estrelas como um dos favorítos ao título. “Eu estava muito contente em ter sido convidado para participar do Desafio. Curti cada momento, vi amigos que não via há tempos. Foi muito bom”, disse Nienkotter, que nesta temporada disputou o Trofeo Linea.

Já nos treinos, Nienkotter mostrou que estaria entre os principais pilotos da competição. “Eu fiz bons treinos. Na tomada de tempos, caí em um grupo muito difícil. Só se classificavam os cinco primeiros de cada um dos grupos para ir ao Top Qualify. Acabei em sexto do grupo 2 e larguei em 11º”, contou Nienkotter.

A primeira corrida foi realizada na noite do sábado (18). Otimista, Nienkotter esperava fazer uma boa prova, pensando em somar pontos. “Na terceira curva da primeira volta, um piloto rodou na minha frente e eu acabei batendo. Com isso, minha carenagem travava as rodas quando eu fazia as curvas. Com isso, não consegui acompanhar o rítmo dos ponteiros”, disse o piloto. “Eu fiquei muito chateado, mas pensei na corrida do domingo”, completou o piloto.

A corrida de domingo foi sensacional para Nienkotter. Largando na 24ª posição, o piloto catarinense foi motivado pela torcida e fez uma prova impressionante. “O kart estava ótimo e consegui recuperar posições. Foi muito legal”, disse Nienkotter, que levantou a torcida catarinense ao ultrapassar, por duas vezes, dois pilotos de uma só vez.

No final, Nienkotter cruzou a linha de chegada na nona posição e viu a paulista Bia Figueiredo, da Fórmula Indy, vencer a corrida. “Foi muito legal a vitória da Bia. Foi ótimo para o evento”, disse Nienkotter. “Eu fiquei muito contente com a corrida, consegui ganhar muitas posições durante a prova. Foi inesquecível”, finalizou o piloto.

Agora, Nienkotter entra em férias e, em janeiro, inicia sua preparação para a disputa da temporada de 2011 do Trofeo Linea Fiat, ao lado de seu irmão, Fernando Nienkotter.