Vítima de um toque ainda na primeira curva do final de semana quando estava entre os dez primeiros, Pedro Nunes fechou a rodada com um 14º lugar
Poucas horas antes do GP da Hungria de Fórmula 1, disputado na manhã deste domingo em Budapeste, a GP3 Series disputou no mesmo circuito de Hungaroring sua segunda prova válida pela sétima rodada do campeonato. Uma corrida que ficou marcada pela chuva, que também afetou a F-1, e pelas duas intervenções do safety-car que foram decisivas para o resultado.

O brasileiro Pedro Nunes (Grupo OGX/Cacau Show), que no treino classificatório conseguiu sua melhor posição de largada deste ano, acabou tendo o fim de semana prejudicado ainda na primeira curva da corrida de sábado. Pedro figurava entre os dez primeiros quando foi tocado por Mitch Evans na primeira curva da corrida inicial. Caindo para o final do pelotão, o brasileiro da equipe Lotus-ART terminou o sábado em 19º, e neste domingo recuperou outras cinco posições para fechar a rodada em 14º.

“O resultado não refletiu meu real potencial na etapa. O problema foi que, tendo de largar na 10ª fila do grid hoje (domingo), em uma pista que só tem um ponto de ultrapassagem, não tem como avançar muito. Ainda mais com duas intervenções de safety-car”, comentou Pedro Nunes.

As entradas do carro de segurança neste domingo definiram o vencedor da corrida. A primeira aconteceu na segunda volta, quando Lewis Williamson saiu da pista enquanto disputava a terceira posição. O safety-car voltou a trabalhar dez voltas depois, na 12º, quando Thomas Hylkema deixou a corrida. Esse foi o momento decisivo da corrida, já que aproximou o indonésio Rio Haryanto do então líder, Nigel Melker – que tinha cerca de oito segundos de vantagem na frente.

Na relargada, Haryanto assumiu a primeira posição e nela ficou até a bandeirada final, conquistando assim sua segunda vitória na temporada. Valteri Bottas ficou em segundo e James Calado completou os três primeiros. A próxima rodada da GP3 Series, a penúltima da temporada, será entre os dias 26 e 28 de agosto no circuito de Spa-Francorchamps, na Bélgica.