Thiago e família com o aniversariante do dia

Paranaense toma ponta na largada e faz corrida consistente, mas não consegue suportar pressão de Valdeno Brito; resultado é dedicado ao pai, Paulo de Tarso, aniversariante do dia

Faltou pouco para Thiago Marques quebrar a hegemonia de Valdeno Brito nas corridas de abertura das rodadas duplas da Copa Petrobras de Marcas. Nesta manhã, em Jacarepaguá, o paranaense chegou a liderar parte da disputa, mas não conseguiu segurar o paraibano, recebendo a bandeirada na segunda posição.

Pilotando o Chevrolet Astra da Navegador 4 Rodas Racing, preparado pela equipe AMG, o paranaense se aproveitou da enorme confusão no apagar das luzes vermelhas e fez uma largada fantástica, pulando de quinto para primeiro nas primeiras curvas.

A partir de então, Thiago imprimiu um bom ritmo, mas não conseguiu impor resistência a Valdeno, que ultrapassou com direito a toque de portas, sem nenhum dano aos dois competidores. Ciente da força de Valdeno e com um ritmo similar aos que vinham atrás, o piloto do carro número 1 apenas administrou a posição, recebendo a bandeirada com 4s058 de vantagem e dedicando o troféu ao pai, o ex-piloto Paulo de Tarso, que faz aniversário neste domingo e acompanhou de perto a performance do filho.

“Foi missão cumprida e um presente de Dia dos Pais antecipado”, comentou Thiago logo após deixar o pódio. “Fiz o que dava. Tentei segurar o Valdeno mas ele estava visivelmente mais rápido. Fiz uma largada que me surpreendeu, pulando para a ponta, mas sabia que seria difícil segurar a liderança. Como os pilotos atrás estavam no mesmo ritmo, fui racional e administrei, pois não fazia sentido gastar pneus à toa em uma pista que consome muita borracha”, destaca.
Na prova complementar, após sair em sétimo por conta da regra do grid invertido, que troca as posições dos oito primeiros no resultado da primeira prova, terminando colado na traseira de Juliano Moro, que ficou em terceiro.

“Foi um fim de semana ótimo. Conseguimos raciocinar nas corridas, fechei o fim de semana com um segundo, um quarto lugares e a terceira posição no campeonato. Ou seja: em total condições na briga”, destaca o piloto do Chevrolet Astra número 1, preparado pela equipe AMG, que dedicou os resultados ao pai, o ex-piloto Paulo de Tarso, aniversariante do dia.

Como resultado, Thiago pulou para 74 pontos e está somente a nove do vice-líder, Thiago Camilo, com 83. A liderança está nas mãos de Valdeno Brito, com 100 pontos e quatro vitórias, sendo duas apenas no Rio de Janeiro. “O carro de Valdeno era bem melhor. Ele consegue frear bem mais tarde, seu carro não desequilibra. Tudo isso pode ser por causa de sua criação em carros de tração dianteira, enquanto eu, Atila, Camilo, Galid, Moro e outros pilotos fomos acostumados com a tração traseira do Stock Car”, analisa.

Visivelmente desidratado, Thiago também destaca o forte calor no início desta tarde, que fez a temperatura da cabine de seu equipamento ultrapassar a marca dos 50°C. “Estava uma sauna! Passou de 50°C dentro do carro. Estava muito parecido com o carro da Stock nesta condição. Não me lembro de ter terminado uma corrida tão esgotado. Aqui é pauleira total, gente te pressionando, você empurrando o carro da frente. Não dá pra vacilar.”

O próximo encontro da temporada 2011 acontece nos dias 20 e 21 de agosto, no circuito do Velopark, no Rio Grande do Sul.

1ª corrida
1°. Valdeno Brito (Chevrolet), 20 voltas em 30min43s505
2°. Thiago Marques (Chevrolet), a 4s058
3°. Daniel Serra (Honda), a 5s908
4°. Atila Abreu (Chevrolet), a 10s539
5°. Fabio Carbone (Honda), a 11s663
6°. Thiago Camilo (Chevrolet), a 11s992

2ª corrida
1°. Valdeno Brito (Chevrolet), 20 voltas em 28min34s668
2°. Atila Abreu (Chevrolet), a 4s365
3°. Juliano Moro/Elias Jr. (Honda), a 7s169
4°. Thiago Marques (Chevrolet), a 7s710
5°. Daniel Serra (Honda), a 8s118
6°. Aluizio Coelho (Chevrolet), a 10s264

Classificação do campeonato
1°. Valdeno Brito, 100 pontos
2°. Thiago Camilo, 83
3°. Thiago Marques, 74
4°. Daniel Serra, 68
5°. Alceu Feldmann, 60