Rodrigo Sperafico homenageou vítimas da escola em Realengo